segunda-feira, 4 de março de 2013

04 de março - segunda feira


André acabou não conseguindo sair cedo de Vitória e decidiu tocar somente até Campos, arvorando o pernoite aqui em casa. Amanhã ele toca direto para Penedo, pernoita e aguarda a mim e Emílio  para seguirmos para Indaiatuba.
 Barro e família também já saíram de BH e devem dormir em  Varginha
  O tempo continua favorável! Situação da América do Sul, às 22:46 horas!

Segue abaixo o relato da "tropa avançada" que já se encontra em terreno argentino!



ALEXANDRE LESSA
22:14 (25 minutos atrás)
para cmtevampremimDinoDANIELMOTOissa_cfFLÁVIAandrelpvianaMIRTEScarlos318brneyvalerioSamantamsoliveiralidergerfatejosegranha10paznosenhorDELESSANDROCAROLfaria601pilotoneysanches.cassia.Veraventuraairmariluciferrazarmandoplatenik
Boa noite amigos

Muito bom estar na estrada...,

Saímos hoje cedo, o Dinão às 7hs e eu as 7:21 hs. Eu já com a carta verde e o Dino foi agilizar a dele. Vale avisar que das 12hs as 13:30hs a corretora que emite o documento fecha para o almoço. Objetivo de hoje era chegar em Posadas, para ir até Resistência somente se eu e o Dino estivéssemos de moto. Mas paramos bem em Posadas, o hotel e a cidade são excelentes, conseguimos um hotel no valor de 400,00 pesos bem no centro da cidade, bares, pizzaria, lojas, tudo aberto até tarde e de ótima qualidade, valeu a pena, muito bom mesmo. 

Vamos lá..., trecho de Londrina para Foz..., até sair de Londrina a estrada é regular e o trânsito dentro da cidade não tem como escapar. Muito calor, o tempo inteiro batendo 35oC às vezes 32, e sempre muito quente. Chuvas espaçadas em alguns trechos e constantemente o céu estava nublado com o sol apontando bem sorrateiro por cima das nuvens. Cuvas rápidas com duração de no máximo 5 minutinhos cada uma em vários pontos da estrada, nem coloquei capa de chuva, tamanho era o calor (queria mesmo era mais chuva, pois a roupa estava me assando literalmente). 
A 70km de Foz tem vários trechos da estrada que estão em obra, inclusive com revezamento de tráfego de veículos sendo alternados e controlado por operador de via, o transito sempre muito lento, muitos caminhões e a lentidão para se atravessar as cidades é certa, todas com radares e controladores de velocidade. Mantive na maior parte do tempo a velocidade de 140km a 150km, o Gps marcou média de 82km/h. Cheguei a aduana Argentina em Foz por volta das 13 horas e fiquei aguardando o Dino que aguardava a abertura da corretora as 13:30hs. Dinão chegou por volta das 15hs e metemos o pé. Chegamos em Posadas por volta das 18:30hs com uma temperatura de 26oC marcando no termômetro da minha moto. Estrada movimentadíssima, muitos caminhões, carros, blitz e o povo argentino e paraguaio segue a risca a velocidade indicada na via, tem lugares na estrada que a máxima marca 60km, 80km e 110km. Mas o que ajuda é que em várias partes da estrada já exite 3a faixa, se ficar no aguardo logo aparece uma. Fiz o trajeto ora sozinho e ora com o Dino, mas na maior parte do tempo foi sozinho, fui parado pelos Policiais em três barreiras e mesmo estando sozinho não pediram contribuição em nenhuma delas, foi só curiosidade dos "puliça" mesmo para apreciar a Smorfete. Já o Dino teve que morrer num qualquer em uma dessas blitz, heheheh...

Valeu turma, grande abraço.

Um comentário:

  1. É mole! Boa viagem galera! Daqui a pouco a gente se junta a vcs.

    ResponderExcluir